Saúde

OMS confirma novo recorde de casos de Covid-19 e retira em definitivo hidroxicloroquina de testes

No Brasil, as Forças Armadas produzem o medicamento e aumentaram sua produção a pedido do presidente Bolsonaro

[OMS confirma novo recorde de casos de Covid-19 e retira em definitivo hidroxicloroquina de testes]
Foto : Agência Pará

Por Luciana Freire no dia 05 de Julho de 2020 ⋅ 07:20

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou ontem (4) sua decisão de retirar definitivamente a hidroxicloroquina de seus testes científicos. Também ontem, a organização confirmou 212.326 mil casos por Covid-19 em apenas 24 horas, novo recorde mundial. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

Em nota, a OMS, que suspendera a utilização do medicamento por falta de resultados, confirmou que o remédio, ainda defendido pelo governo do presidente Jair Bolsonaro, não será mais usado em suas pesquisas.

"O Comitê Diretor Internacional formulou a recomendação à luz das evidências para hidroxicloroquina e para lopinavir/ritonavir e de uma revisão das evidências de todos os estudos apresentados na Cúpula da OMS sobre pesquisa e inovação Covid-19, em 1 e 2 de julho", apontou o comunicado.

No Brasil, as Forças Armadas produzem o medicamento e aumentaram sua produção a pedido do presidente Bolsonaro. Segundo o Ministério da Defesa já foram produzidos 1,8 milhão de comprimidos de hidroxicloroquina que estão estocados no Laboratório do Exército brasileiro.

Notícias relacionadas

[Covid-19: Vacina pode ter registro em outubro, diz Butantan]
Saúde

Covid-19: Vacina pode ter registro em outubro, diz Butantan

Por Kamille Martinho no dia 06 de Agosto de 2020 ⋅ 18:40 em Saúde

No momento, a vacina está sendo testada em cerca de 9.000 voluntários em São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Minas Gerais e Rio de Janeiro