Mundo

Chanceler argentino pede ajuda ao governo brasileiro para renegociar dívida com FMI

Felipe Solá participou de reunião no Palácio do Itamaraty com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo

[Chanceler argentino pede ajuda ao governo brasileiro para renegociar dívida com FMI]
Foto : Arquivo/Agência Brasil

Por Luciana Freire no dia 12 de Fevereiro de 2020 ⋅ 16:20

O ministro de Relações Exteriores, Comércio Internacional e Culto da Argentina, Felipe Solá, pediu hoje (12), na primeira visita oficial ao Brasil, a ajuda do governo brasileiro na renegociação da dívida do país junto ao Fundo Monetário Internacional (FMI).

O chanceler Felipe Solá participou de reunião no Palácio do Itamaraty, em Brasília, com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. No encontro, segundo o Itamaraty, discutiram temas da agenda bilateral e regional, além de questões internas do Mercosul e dos relacionamentos externos do bloco.

A Argentina está conversando com os detentores de títulos e outros credores para reestruturar cerca de US$ 100 bilhões em dívida. A Argentina deve para o FMI cerca de US$ 44 bilhões.

Notícias relacionadas