Esportes

Jogador do Frei Paulistano reclama de assédio de vendedores no Pelourinho

Em vídeo que circula na internet, ele conta que foi abordado por diversos comerciantes no local e brinca: ‘nunca mais me chamem para ir ao Pelourinho’

[Jogador do Frei Paulistano reclama de assédio de vendedores no Pelourinho]
Foto : Reprodução/Twitter

Por Metro1 no dia 19 de Fevereiro de 2020 ⋅ 12:54

Um jogador do Frei Paulistano, que empatou em 0 a 0 com o Vitória, no Barradão, no último domingo (16), pela Copa do Nordeste, reclamou do assédio de vendedores no bairro do Pelourinho, em Salvador.

Em vídeo que circula na internet, ele conta que foi abordado por diversos comerciantes no local e brinca: “nunca mais me chamem para ir ao Pelourinho”. Na filmagem, ele mostra acessórios comprados por ele e diz que foi pintado no braço e só foi avisado que o serviço seria cobrado depois.

Confira o vídeo:

Notícias relacionadas