Cidade

Prefeitura de Salvador volta a adotar medidas mais restritivas em Pernambués, Centro e Cabula

Subúrbio também volta a ser alvo das ações restritivas, desta vez na região de Fazendo Coutos e Coutos

[Prefeitura de Salvador volta a adotar medidas mais restritivas em Pernambués, Centro e Cabula]
Foto : Valter Pontes/Secom/PMS

Por Danielle Campos e João Brandão no dia 30 de Junho de 2020 ⋅ 10:54

O prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou hoje (30), em coletiva de imprensa, os novos bairros com medidas restritivas e prorrogações, que ficarão em suspensão de atividades pelo período de sete dias, em combate à proliferação do coronavírus. Outras quatro regiões, que já passaram pelas ações da prefeitura, voltam a ser alvo das medidas.

O bairro de Pernambués, voltará às medidas restritivas, incluindo a região de Saramandaia. O bairro registra 733 casos do coronavírus e é o terceiro com maior número de casos, perdendo apenas para Brotas e Pituba.

O bairro do Cabula também voltará a ter suspensão de atividades, desta vez focando no Cabula VI, incluindo a região do Resgate. O Subúrbio, na região de Fazendo Coutos e Coutos, e o Centro, na Joana Angélica, Avenida Sete, Dois de julho, Baixa dos Sapateiros e Carlos Gomes também voltam para a lista.

Ficam prorrogadas as ações restritivas nos bairros de Santa Cruz, Imbuí, São Cristovão e Beiru/Tancredo Neves, este último já há três semanas dentro das medidas. 

Deixam as medidas restritivas especiais da prefeitura, os bairros de Paripe, Fazenda Grande do Retiro, Engenho Velho Brotas, Federação e Engenho Velho de Federação.

Notícias relacionadas