Brasil

Prefeito reabre comércio em cidade de MG e renuncia: 'Não tenho condições de continuar'

O prefeito estava de férias quando teve início a crise do novo coronavírus

[Prefeito reabre comércio em cidade de MG e renuncia: 'Não tenho condições de continuar']
Foto : Lucas Soares / G1

Por Alexandre Galvão no dia 06 de Abril de 2020 ⋅ 15:05

Prefeito da cidade de Varginha, em Minas Gerais, Antonio Silva (PTB) renunciou ao cargo dias após reabrir o comércio em meio à pandemia do novo coronavírus. 

O decreto foi duramente criticado. Antônio Silva escreveu uma carta de renúncia direcionada à Câmara de Vereadores. No documento ele alega que renunciou por questões de foro íntimo. "Não sou Prefeito, apenas estou Prefeito, mas, nas atuais circunstâncias e por razões de foro íntimo, reconheço não ter condições de continuar administrando a Prefeitura", escreveu. 

O prefeito estava de férias quando teve início a crise do novo coronavírus. Ele retornou à prefeitura na semana passada e cedendo as pressões de empresários e autorizou a reabertura do comércio por meio de decreto que foi questionado pelo Ministério Público, a Associação Médica, a comissão de enfrentamento ao Covid-19, o Conselho Municipal de Saúde e a Superintendência Regional de Saúde.

Segundo o site O Tempo, o prefeito foi eleito em 2016 com 43,98% dos votos, mas antes disso ele já tinha governado Varginha entre 1989 a 1992, 1997 a 2000 e 2012 a 2016. A Câmara vai fazer os procedimentos de posse do vice-prefeito, Verdi Lúcio Melo, que cuidou da crise do corona enquanto o prefeito estava de férias. 

Notícias relacionadas