Bahia

Sindicato dos Bancários da Bahia critica decisão da federação nacional de abrir bancos no feriadão

Prefeitura de Salvador e o Governo do Estado anunciaram antecipação dos feriados de 2 de Julho e São João para a próxima semana, no intuito de reduzir a taxa de contágio do coronavírus

[Sindicato dos Bancários da Bahia critica decisão da federação nacional de abrir bancos no feriadão]
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 22 de Maio de 2020 ⋅ 21:02

O Sindicato dos Bancários da Bahia disse que foi pego de surpresa com o anúncio feito pela Prefeitura de Salvador e o Governo do Estado de antecipar os feriados de 2 de Julho e São João para a próxima semana, no intuito de reduzir a taxa de contágio do coronavírus. 

Através de comunicado, a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) orientou o funcionamento das unidades bancárias durante os feriados antecipados. A entidade de classe baiana discorda e critica a recomendação. “Uma vez que os bancários vão perder o direito de descansar nos feriados. É válido dizer que os empregados já estão trabalhando sobrecarregados durante a pandemia”, diz, em nota.

O presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, Augusto Vasconcelos, entrou em contato com a Fenaban e cobrou que não houvesse o funcionamento das agências, ficando restrito apenas ao pagamento do auxílio emergencial e situações excepcionais de maior gravidade. Cobrou também que, neste caso, durante a próxima semana, todas as horas trabalhadas fossem consideradas e efetivamente pagas como horas extras. 


“Já orientamos o nosso Jurídico a estudar o caso para uma eventual ação na justiça, visando obter uma liminar para suspender o funcionamento das agências durante o feriado antecipado. Caso não tenhamos uma decisão a tempo, cobramos que os bancos não incluam essas horas trabalhadas em banco de horas”, disse Vasconcelos. 

De acordo com o Sindicato, as duas superintendências da Caixa na Bahia afirmaram que as horas trabalhadas nos dias que forem considerados feriados serão computadas como horas extras. 

“A entidade aguarda a publicação do decreto para entender melhor as informações. O Departamento Jurídico está atento e vai tomar as providências cabíveis”, conclui.

Notícias relacionadas

[Polícia encerra ‘Pandemia Fest’ em Lauro de Freitas ]
Bahia

Polícia encerra ‘Pandemia Fest’ em Lauro de Freitas 

Por Alexandre Galvão no dia 03 de Junho de 2020 ⋅ 08:40 em Bahia

Na casa alugada, no bairro Vilas do Atlântico, na Rua de Tramandaí, 22 homens e 17 mulheres, moradores do Subúrbio Ferroviário de Salvador, festejavam com som alto